Amigos do Blog.

Páginas

terça-feira, 15 de julho de 2008

RODRIGO SANTORO SERÁ AMANTE DE JIM CARREY

O ator Rodrigo Santoro, ícone de beleza entre as mulheres e os gays brasileiros, famoso também por sua qualidade artística e interpretações andrógenas, irá interpretar mais um gay em sua carreira, ao lado de Jim Carrey e outros famosos do cinema internacional. http://diario.iol.pt/cinema/rodrigo-santoro-jim-carrey-ewan-mcgregor-che/972041-4059.html

Lendo a notícia, me vem um sentimento dúbio no coração. Dá orgulho, ver um genuíno brasileiro, alçado à fama internacional e ao mesmo tempo, fico pasmo, ao ver como as pessoas são capazes de se vender por qualquer coisa (o vender é apenas força de expressão, haja vista, que o mesmo sempre esteve do outro lado), o qualquer coisa, também é força de expressão, pois estamos falando de questões, pelas quais, a grande maioria dos homens é capaz de vender a própria alma e eternidade a satanás, mesmo que o dito cujo, apareça mostrando sua verdadeira face.

Estamos falando de fama, poder e dinheiro. São 3 itens capazes de envolver de forma tão eficaz o homem, que poucos conseguem não dobrar seus joelhos diante de "deuses" tão maravilhosos.
A minha questão, não é quanto ao poder, a fama a ao dinheiro e também, nem quanto ao da decepção causada à milhares de jovens, que no limiar de suas decisões sobre sexualidade, vêem um ícone de beleza e poder, aparecer como personagem gay. Mesmo que não o seja, o ator já vem sendo ligado em sua carreira a estes tipos de personagem. Ser ou não ser gay e ter poder, fama e dinheiro, são questões pessoais, nas quais não podemos e nem devemos interferir, mas o que me choca neste caso, é a continuação da malícia diabólica, de sempre usar hollywood para implementar e divulgar as suas intenções.

A Nova Ordem Mundial (NOM), não conhece limites e parece saber, que mesmo com a informação caminhando rapidamente pela internet, mesmo com um grande número de pessoas, sabedores de seus planos, eles estão pouco ligando para o povo, pois considera-nos órfãos, totalmente impotentes. Sabem que o povo foi educado para ser OMISSO e para aceitar qualquer imposição vinda de um poder superior e inalcançável que é o Estado.

Dentro do contexto de desvalorização da família e da implantação da PL122 e sua mordaça gay, este filme vai trazer em seu cerne, um grande impulso para estes e outros ítens relacionados a esta agenda podre. Aparentemente, não podemos fazer nada para impedir, mas temos o dever de pelo menos gritar contra, agir contra, ainda que apenas, não vendo o filme, mesmo que tenha um brasileiro participando.

Abraços,
Cláudio Fontes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pesquise com PRIVACIDADE!!!

Este SiteWeb